segunda-feira, 9 de abril de 2012

MENSAGEM AO AMANHÃ

Ontem eu quis as estrelas.
(Hoje acordei menos chão.)

Onde o tempo se rende,
Quando a pele nos funde,
nossos silêncios se entendem.

Quantas palavras se escondem
nos restos de um dia recente?
Quantos caminhos contidos
no gesto de adeus indeciso?

Sobre teu corpo futuro
jazem os sonhos infantes,
nasce a minha saudade.

– Quem assina?

Hoje eu sou as estrelas.
Ontem passou num instante.

2 comentários:

  1. Saudade do ontem é bom!Eu adorei.

    ResponderExcluir
  2. Linda mensagem! Versos que deixam o leitor curioso sobre o que você tinha na cabeça quando o postou.

    ResponderExcluir